O que preciso comprar para meu gerbil?

Se você já decidiu que GERBIL é o animais que combina com você e sua rotina, veja abaixo as dicas para adquiri-los.

Onde comprar?

  • Criadores confiáveis;
  • Petshops confiáveis (Petz, Cobasi);

O que observar?

  • Pelagem do animal está uniforme (da cabeça ao rabo)?
  • Rabo está inteiro e sem indícios de quebra?
  • Olho dos animais está saudável?
  • Animais estão saudáveis? (geralmente gerbis só param para dormir ou comer, do contrário estão sempre fazendo ou investigando algo)
  • Animais tem mais de 6 semanas de vida?
  • Você conseguirá levar no mínimo 2 para casa (recomendo do mesmo sexo, se não quiser o ENORME trabalho que é cuidar do número que filhotes que virá)?
  • Se o vendedor pegar os pequenos pelo rabo: fuja! Os rabos dos gerbis são sensíveis e podem se quebrar facilmente. Uma vez quebrados, os rabos não voltam a crescer.

O que comprar?

Obrigatório:

  • Acomodação (para mais detalhes veja os posts sobre as vantagens e desvantagens de cada acomodação):
    • Gaiolas: são mais fáceis de encontrar e oferecem mais opções de personalização;
    • Aquários/terrários: geralmente mais caros e mais difíceis de encontrar e personalizar, mas duram mais. 50 litros para 2 gerbis. 100 litros para 4 gerbis e assim por diante.
    • Caixas organizadoras: são mais baratas que as opções anteriores, porém será preciso algum trabalho para personalizar e inserir os itens necessários;
  • Alimentação: ração para hamster. As mais indicadas são as com maior concentração de proteína. Recomendadas: Nutrópica, Alcon.
  • Bebedouro: dê preferência ao que tem o dosador (uma bolinha na ponta) e o bico é de metal. Se o bico for de plástico ou não tiver o dosador, em pouco tempo será preciso comprar um novo. Se tiver com bico de vidro, melhor ainda. Eles precisam de MUITA ÁGUA! Vou repetir: MUITA ÁGUA! Observe o bebedouro diariamente;
  • Rodinha para exercícios: dê preferência as de metal. O tamanho mínimo recomendado é de 14 cm.  As de plástico podem ser adquiridas, mas em pouco tempo você deverá comprar outra, pois eles roem (com gosto) o suporte. PROIBIDO PARA GERBIS RODAS QUE TENHAM ABERTURAS. Ele podem enroscar as patas e o rabo, se ferindo gravemente.
  • Forração: dê preferência às areias de gato. O sabugo de milho (Xilapet) é a mais indicada. Por quê? Gerbis são alérgicos a PINUS e CEDRO e podem desenvolver alergias se a forração for à base destes materiais.

Opcional:

  • Comedouro: dê preferência a comedouros de vidro ou louça. Os de plástico  terão pouca durabilidade para os pequenos;
  • Banho: areia de banho para chinchila (e outros roedores) e um pote de vidro ou louça. Coloque este pode no ambiente por uns 10 minutos no máximo e retire. Pode repetir o processo umas 2 vezes por dia. Se o pó não tiver sujo de urina ou fezes, pode ser reutilizado.
  • Tubos de plástico: se não vierem na gaiola vale a pena adquirir, já que vão durar mais que os rolos de papel higiênico e papel toalha.
  • Sementes de girassol: eles adoram e servem para amansar os pequenos ou relacionar você às sementes, tornando mais fácil a adaptação;
  • Complementos alimentares: a Alcon tem um complemento alimentar que vem várias sementes, entre elas girassol e milho. Se você comprar este complemento, separe as sementes de girassol para oferta em separado. SEMENTES DE MILHO NÃO SÃO RECOMENDADAS PARA GERBIS POR ESTAREM RELACIONADAS AO SURGIMENTO DE TUMORES.

 

Quando chegar em casa?

  • Monte todo o ambiente dos pequenos (água, comida, forração);
  • Solte os pequenos no novo lar e deixe que se adaptem (cerca de 1 dia);
  • Oferte semente de girassol para iniciar a amizade;
  • Interaja com eles diariamente. Todo laço de amizade deve ser alimentado. Com eles não é diferente.

Divirtam-se!

Forte abraço

Wel Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *